o significado de shekinah

Comunidade Presbiteriana Shekinah – Igreja Evangélica de Teologia ReformadaSOLI DEO GLORIA
——————————————————–


O  SIGNIFICADO DE “SHEKINAH”

Por: Pr. Edemar Vitorino

Costumo definir sinteticamente SHEKINAH como: “a glória de Deus manifesta”!

O vocábulo “shekinah” não aparece na Bíblia, é uma transliteração da raiz hebraica “shkn” = habitar. Este termo “shkn” é muito usado pelos TARGUMITAS e RABIS e adotado pelos cristãos. Refere-se à glória visível de Deus habitando no meio do seu povo. Usa-se este vocábulo para designar a presença radiante de Deus, como vista na coluna de fogo, no Monte Sinai, no Propiciatório entre os querubins, no Tabernáculo, no Templo, etc. Embora a palavra “shekinah” não apareça na Bíblia, há alusões à glória de Deus (“shekinah”) em diversas passagens.A seguir, transcrevo alguns comentários 1) J. B. Payne – Encliclopedia Histórico – Teológica da Igreja Cristã – Editor Walter A. Elwell – Sociedade Religiosa Edições Vida Nova. 2) Dicionário Bíblico Vida nova – Derek Williams, ed. 1) “SHEKINAH – A manifestação visível da glória de Deus. Embora as escrituras neguem a existência de qualquer localidade permanente para Deus, descrevem, simultaneamente com a Sua transcedência, a Sua “glória”, ou presença apreensível. A glória pode ser expressada no “rosto” de Deus, no Seu “nome” (Ex 33.18-20), no “Anjo” – os aparecimentos pré-encarnados de Cristo – ou na “nuvem” (Ex 14.19). A Shekinah diz respeito à nuvem que cercava a glória (Ex 40.34), parecia uma nuvem pesada através da qual chispam os relâmpagos (Êx 19.9,16).

A Shekinah apareceu pela primeira vez quando Deus conduziu Israel para fora do Egito e o protegeu por meio de “uma coluna de nuvem e de fogo” (13.21; 14.19). A nuvem vindicou Moisés contra os “murmuradores” (16.10; Nm 16.42) e cobriu o Sinai (Ex 24.16) enquanto ele se comunicava ali com Deus (v.18; cf. 33.9). Deus “habitava ( sakan, 25.8) no meio de Israel no tabernáculo (miskan, “lugar de habitação”, v.9; cf. 1 Rs 8.13), que tipificava a Sua morada no céu (1 Rs 8.30; Hb 9.24). A nuvem encheu o tabernáculo (Êx 40.34-35; cf. Rm 9.4); e o uso pós-bíblico, portanto, designou essa manifestação permanente e visível como “shekinah”, “habitação” [da presença de Deus]”. Pouco depois, em duas ocasiões, “saiu fogo (consumidor) de diante do SENHOR” (Lv9.23; 10.2). Especificamente, Deus apareceu “na nuvem sobre o propiciatório que está sobre a arca” (Lv 16.2; Ex 25.22; cf. Hb 9.5).

A Shekinah conduziu Israel através do deserto (Ex 40.36-38); e, embora a perda da arca importasse em “Icabode [nenhuma glória]” (1 Sm 4.21), a nuvem voltou a encher o Templo de Salomão ( 1 Rs 8.11; cf. 2 Cr 7.1). Ezequiel visualizou sua partida por causa do pecado (Ez 10.18) antes da destruição desse templo, e o judaísmo confessava a ausência dela do segundo templo. A Shekinah reapareceu com Cristo (Mt 17.5; Lc 2.9), o Deus verdadeiro localizado (Jo 1.14; skene, “tabernáculo”; cf. Ap 21.3, = sekîna?), a glória do último templo (Ag 2.9; Zc 2.5). Cristo subiu na nuvem da glória (At. 1.9) e, um dia, voltará dessa maneira (Mc 14.62; Ap. 14.14; cf. Is 24.3; 60.1).” – J. B. Payne – Encliclopédia Histórico – Teológica da Igreja Cristã – Editor Walter A. Elwell – Sociedade Religiosa Edições Vida Nova.

2) SHEKINAH. Esplendor, glória ou presença de Deus habitando no meio do seu povo e o equivalente judaico mais próximo do Espírito Santo. O termo é posterior à Bíblia, mas o conceito está no ensinamento de que Deus habita no meio do seu povo (Êx 29.45s.). A glória de Deus é vista em fenômenos como relâmpagos e nuvens no monte Sinai (Êx 19.16) e a nuvem brilhante que descia sobre a tenda da congregação e guiou Israel pelo deserto (Êx 40.34ss.) .A glória divina também está presente de modo especial no templo e na cidade celestiais (Ap 15.8; 21.23). Foi vista na transfiguração de Jesus (Lc 9.32) e será vista quando Jesus voltar à terra (Mc 8.38). – Transcrito do Dicionário Bíblico Vida nova – Derek Williams, ed.

Bibliografia:

B. Payne – Encliclopédia Histórico – Teológica da Igreja Cristã – Editor Walter A. Elwell – Sociedade Religiosa Edições Vida Nova.

Dicionário Bíblico Vida nova – Derek Williams, ed.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: